Principais doenças em coelhos: Doenças Congênitas

O que são? Tratam-se de doenças de origem genética, ou seja, relacionadas à composição de DNA do orelhudo. A transmissão de informações genéticas enviadas de pais para os filhos geralmente ocorre com muita precisão, mas às vezes surgem erros chamados mutações. Muitas são fatais ainda durante o desenvolvimento do feto, outras podem comprometer a qualidade de vida do coelho, sendo doenças congênitas. . ➨ Prognatismo mandibular O que é? É o excesso de crescimento mandibular (dentes de baixo) em relação aos de cima. Prognatismo mandibular também é um problema que pode ser adquirido ao longo da vida do coelho, mas há aqueles que já nascem com a doença, sendo congênita. Esse crescimento gera um mal “encaixe” nos dentes, causando problemas no contato deles ao fechar a boca (má oclusão dentária). Como os dentes incisivos dos coelhos crescem durante toda sua vida e precisam de constante desgaste, esse mal encaixe o dificulta, causando um crescimento de dentes desordenado. Há dificuldades de alimentação, gerando um quadro de anorexia e posterior morte por inanição (caso não haja interferência humana). . Tratamento: As principais opções são o desgaste dentário e a extração dos dentes acometidos. Também não permitir que estes coelhos se reproduzam já que, é uma característica que pode ser herdada pelos descendentes.

Outros exemplos de doenças congênitas: • Alguns tipos de catarata e glaucoma • Hipotricose (crescimento anormal do pelo caracterizado por um corpo quase sem, exceto por alguns tufos de pelos finos e curtos) • Splay leg (condição na qual o coelho não tem a capacidade de dobrar ou esticar um ou mais membros, (falamos disso no post: https://www.instagram.com/p/B24wk1FFchw/) • Maior tendência a ter linfossarcoma (falamos disso no post: https://www.instagram.com/p/B7_CYcqFHzh/) • Síndrome do Rim Policístico

#coelhos #Cuidados #saude

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo