Prevenção de doenças do coração.

Hoje vamos abordar um assunto de extrema importância: O coração dos nossos orelhudos. ⁣ ⁣ São inúmeros os fatores que de fato podem levar um coelho à parada cardíaca (súbita), como calor extremo (lembrem-se que coelhos não apreciam calor), sustos, ataques… sendo relacionados a respostas fisiológicas do organismo dos nossos amigos. Ou seja, nem sempre temos uma doença cardíaca associada. ⁣ ⁣ Mas e quando temos? ⁣ As doenças cardíacas de certa forma são silenciosas nos estágios iniciais.⁣ Por isso sempre reiteramos a necessidade de checkups periódicos, com veterinários capacitados para atendê-los. ⁣ ⁣ Nos orelhudos que ainda não demonstraram sinais clínicos, a cardiopatia (doença cardíaca) é um achado de rotina, seja durante uma auscultação cardíaca ou uma radiografia torácica. Para confirmar ou descartar a suspeita, serão necessários exames como eletrocardiograma e ecocardiograma.⁣ ⁣ Já em pacientes com sinais clínicos, podem ser percebidos mal estar geral. Fique atento a sinais de letargia (o coelho fica apático, prostrado), anorexia, perda de peso, taquipneia (respiração rápida), dispneia (respiração dificultosa), mucosas pálidas ou arroxeadas. Por serem sinais nem sempre específicos, cabe-se sempre uma investigação detalhada.⁣ ⁣ As doenças cardíacas que mais vemos nos coelhos são: Insuficiência cardíaca congestiva, doenças valvulares, cardiomegalias e doenças congênitas. ⁣ Apesar de perigosas, com um diagnóstico precoce e tratamento correto, os orelhudos conseguem ter uma boa qualidade de vida. ⁣ ⁣ E lembrem-se: Somente os exames citados acima (eletrocardiograma e ecocardiograma) podem confirmar doenças no coração de seu coelho. ⁣ ⁣ Procure sempre veterinários capacitados.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo