top of page

De olho no cocô!

Você sabia que a consistência e a textura do cocô do seu coelho podem mostrar como vai a saúde dele? Importante observar sempre.

➨ Quantidade normal: em média 200 a 300 por dia, coelho adulto.

➨ Formato: os cocôs saudáveis são uniformes em tamanho e forma. Quando diferentes disso, fique atento! Pode haver algum problema! Vamos explicar os principais casos:

• Cocôs saudáveis: tem forma estável, mas apertando entre os dedos se desintegram em algo parecido com serragem, que é o feno digerido.

• Cecótrofos: são normais, os coelhos comem para aproveitar seus nutrientes e vitaminas. Por isso geralmente não os vemos! Às vezes eles podem fazer mais cecótrofos que o normal, em situações de estresse ou se receberem muito açúcar na dieta. Se for frequente, pode ser hora de mudar a dieta.

• Cor: cocôs mais escuros e úmidos podem ser sinal que o coelho tem recebido muita proteína na dieta. Nesse caso, diminuir ração e oferecer mais feno.

• Cocôs com pelos (colar de pérolas): quando ocorre com pouca frequência não chega a ser um problema. Deve-se escovar o coelho com mais regularidade para evitar complicações.

• Cocôs duplos/triplos/unidos: aparecem quando o intestino do coelho desacelera, por estresse ou idade avançada. Se o coelho estiver fazendo cocôs assim, consulte um VETERINÁRIO especializado.

•Cocôs pequenos/deformados: podem significar que o coelho não tem comido o suficiente. Pode ocorrer pós cirurgia, se os dentes do coelho estiverem muito grandes ou por outras razões. Consulte o VETERINÁRIO.

•Cocôs cobertos de muco: é causado por coisas que irritam o revestimento intestinal, como parasitas ou distúrbios graves. Consulte o VETERINÁRIO.

•Disbiose cecal: cocô pastoso com cheio forte. Pode ser causado por estresse, doença ou dieta rica em amido, gordura ou açúcar. Coelhos idosos podem ter disbiose devido à dores nas articulações e envelhecimento do trato digestivo. Consulte o VETERINÁRIO.


• Diarréia: rara em coelhos, é ALARMANTE! Eles podem estar infectados com parasitas mortais ou terem sido expostos a venenos! Consulte o VETERINÁRIO urgente.

ATENÇÃO: se o coelho não fez cocô nas últimas 24h, leve-o ao VETERINÁRIO o mais rápido possível! Lembrando que apenas veterinários especializados em animais silvestres/exóticos estão habilitados a tratar coelhos.

Observando o número 2 do seu orelhudo, problemas podem ser evitados e/ou resolvidos o quanto antes com o médico veterinário. Fique de olho.

1.575 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page